atendimento@PlugCell.com.br  PB: (83) 3044-2770 | SP: (11) 2666-4754 | MG: (31) 4042-1376

Portabilidade numérica: brasileiros usam menos do que deveriam

Portabilidade numérica: brasileiros usam menos do que deveriam

Posted by

A troca de operadora sem alteração no número telefônico é gradualmente menos utilizada a cada ano, embora os números divulgados pela ABR Telecom – a empresa que administra a portabilidade – indiquem que nos primeiros seis meses o número de pedidos tenha ficado próximo dos últimos anos – 1,97 milhões de trocas foram registradas de janeiro a junho.

Os números da ABR Telecom indicam uma redução no uso da portabilidade numérica. No primeiro semestre de 2014, foram registradas 2 milhões de operações semelhantes. Um ano antes, em 2013, no mesmo período, o total era de 2,1 milhões.

A redução, ainda que pequena ano a ano, se dá mesmo com o crescimento no número de acessos em serviço. Assim, enquanto em 2013 os 2,1 milhões de trocas se deram sobre uma base de 265 milhões de acessos móveis, em 2014 os 2 milhões foram sobre 275 milhões.

Agora em 2015, foram 1,97 milhão de trocas sobre uma base novamente ampliada – próxima de 285 milhões de acessos em serviço, embora o dado mais recente da Anatel seja de maio, quando havia 284,1 milhões de chips móveis ativados. Ao longo dos últimos dois anos, o total de acessos fixos em uso permaneceu razoavelmente estável, em cerca de 45 milhões de linhas ativas.

No mais, os dados da ABR Telecom indicam que das trocas de empresa sem mudança de número no primeiro semestre deste 2015, 1,2 milhão, ou 61% do total, foram mudanças em linhas móveis, enquanto 767,5 mil (39%) foram trocas entre linhas fixas.

A portabilidade numérica existe no país desde setembro de 2008. De lá até o fim de junho deste ano foram 28,2 milhões de trocas de operadoras com manutenção do número – e mantendo a média 62% (17,4 milhões) foram mudanças em linhas móveis enquanto 38% (10,8 milhões) em linhas fixas.

Fonte: http://convergenciadigital.uol.com.br